terça-feira, 29 de agosto de 2017

Canibal se entrega à polícia e se diz 'cansado de comer carne humana'

Um homem foi preso no vilarejo de Shayamoya, no sudeste da África do Sul, suspeito de canibalismo. Ele se entregou à polícia dizendo estar cansado de consumir carne humana.
Os policiais encontraram ainda o corpo de uma mulher, que estava desaparecida deste junho, que estaria sendo consumido pelo homem que se apresentava como curandeiro.

Segundo a BBC, o corpo era de Zanele Hlatshwayo, uma jovem de 25 anos e mãe de um menino de 2. A família suspeita de que ela tenha sido vítima de um grupo que já teve cinco integrantes presos.
Na casa do curandeiro, os policiais acharam ainda orelhas humanas dentro de uma panela, que seriam oferecidas a "clientes", como promessa de dinheiro e proteção.

Achadas ainda as vestimentas de Zale, que estavam rasgadas e ensanguentadas.
Os moradores do vilarejo estão assustados, e após a confissão do curandeiro, um político local chegou a convocar uma reunião com a população, para tentar acalmar a situação.

180 Graus 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Canibal se entrega à polícia e se diz 'cansado de comer carne humana'

Um homem foi preso no vilarejo de Shayamoya, no sudeste da África do Sul, suspeito de canibalismo. Ele se entregou à polícia dizendo esta...